20 de junho de 2013

Fonte nova, fonte de histórias



Hoje estou meio perdida
O prefeito decretou feriado municipal por aqui
Por conta do primeiro jogo da Copa das Confederações
Na Arena Fonte Nova
E ai quem trabalha nas imediações do estádio, está em casa
Escolas sem aula, alguns estabelecimentos fechados outros não
Metade da cidade parada e outra metade da cidade em plena atividade
Por aqui todos de folga, então acordar tarde é um luxo que fiz questão
E nessa folga fora de hora, entrei em desalinho
Não programei nada para postar e não estava tendo nenhuma ideia
Ia vir só dizer oi e enquanto eu enrolava no papo
Lembrei dessa primeira imagem que ilustra o post
Que achei por ai e estava arquivada
É a obra da construção do estádio daqui
Vocês vão pensar: Que bobagem! 
Há mil fotos por ai das obras de todos os estádios
Mas vou fazer igual a criança pequena: A minha é melhor!
Na verdade essa é da primeira obra, em 1951
O nome do estádio foi uma homenagem ao governador em exercício
Octávio Mangabeira e depois recebeu uma apelido
Fonte Nova, por conta de uma reforma
E de uma fonte de água que existe nas imediações
A implosão do estádio foi em agosto de 2010
Uma sensação estranha
Nunca fui frequentadora, fui lá em eventos pontuais
Mas dá uma sensação de mexerem em nós implosões de patrimônio
Vejo as pessoas que iam ao Maracanã falarem do novo estádio
Com um sentimento de que todo o glamour estragou o brinquedo
A geral era do povo, cada cadeira, canto, contava histórias
Para quem não tinha assunto já me empolguei né?
Depois da imagem da obra tem a imagem de uma quina da Fonte original
E ao fundo o Ginásio Antonio Balbino
Para os íntimos Balbininho
Que vale pontuar e registar minha indignação: não reconstruíram
E foi palco das apresentações anuais do Arraiá do Galinho
Festa famosa de junho, onde quadrilhas se apresentavam e competiam
Muitas coreografias, figurinos lindíssimos e casa sempre cheia
Lugar onde os meninos iam jogar bola
Bater o babinha do final de semana ou da semana para os mais fominhas
Adorava quando meu namorado dizia que estava indo para lá
E voltava todo suado
Eu não cheguei a ir ver ele jogar, sempre quis
O namorado ainda é o mesmo, mas o Balbininho não está mais lá
Prefiro assim que ao contrário
Agora chega de prozear que é feriado e eu vou ficar de boa
Boas memórias e boa quinta!

12 comentários:

  1. Olá! Tenha um bom dia de folga! Amei o texto cheio de informações e cultura. abração

    ResponderExcluir
  2. Aproveita bem o dia! Esse prefeito,heim: Co o país nessa porcaria, ele para tudo por um joguinho desse?CREDO! Tá virada a coisa! Incrível isso! beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se vc sabe, mas vale pontuar, nem é o jogo do Brasil :(
      Eu acho que ele quer guardar todo mundo em casa, para o trânsito não entrar em colapso, além do que já está.
      Quem mora nas imediações do estádio está proibido de circular com carro 6 horas antes e depois do jogo. Pode?
      E quem não gostar, como diz o ditado, que coma menos.

      Excluir
  3. É claro, ele quer que a cidade fique mais tranquila para o povo que vai assistir o jogo, o que eu acho um absurdo!
    MAs enfim, já que é assim, descanse e curta a família!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. É tudo muito complicado e com decisões que não entendemos e é triste quando vemos a nossa história indo embora, ficando apenas registrada em fotografias. Faz o seguinte: vá para a orla, fique olhando o horizonte e o balanço das águas. Se der, molhe os pés (este inverno por aí chove muito e não dá para dar um mergulho) e fique de costas para a cidade para não ver o que anda incomodando muita gente.

    ResponderExcluir
  5. Sim amiga...com certeza é para tirar o povo da rua!
    Eles estão fazendo testes para ver o que vai funcionar na copa!rsss
    Beijos e curta o feriado no seu ninho florido! :)

    ResponderExcluir
  6. Oii Tina, feriado inesperado é sempre bom, qual será o verdadeiro motivo né rsrs, meu pai estará ai conhecendo, bjooss

    ResponderExcluir
  7. Tina, que postagem gostosa de se ler. Você tem razão! A sua foto é a melhor e a sua explicação foi ótima. A única coisa que eu sabia era o porque do nome Fonte Nova. Eu gosto muito de saber o porque do nome dos locais e ruas da cidade porque sempre tem uma história interessante agregada. Sobre a "reforma" de logradouros públicos, concordo com você. Sou de opinião que deveriam sempre ser restaurados e não reformados. A reforma tira as características de criação de uma época e esconde um monte de coisas que eram corriqueiras "nos antigamente". Aquí na terrinha, reformaram a praça principal e deixaram a mesma com cara de praça de Los Angeles, isto é, as mesinhas para o pessoal da melhor idade jogar DOMINÓ, XADREZ e DAMAS, desapareceram e no lugar delas colocaram bancos de plástico para o conforto dos assaltantes menores de idade descansarem quando a praça tem pouco movimento. Triste isso, não é???!!!
    Desculpe o tamanho do comentário, mas me empolguei com a sua "falta de assunto", rs...rs.
    Um abraço
    :)
    Manoel

    ResponderExcluir
  8. Tina

    Muito bom seu post, é tão legal ver as fotos antigas e reviver momentos.Seu feriado foi produtivo e nos presenteou com lindo texto.

    Um cheiro grande.

    ResponderExcluir
  9. Muy bueno su pots.
    Acabo de hacerme tu seguidora, me quedo por aquí para ver tu blog que me parece buenísimo. Si te viene de gusto te pasas por el mio.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  10. Amo as histórias dos lugares, o registro de uma outra época! Você trouxe lembranças de uma Bahia no passado e, mais recentemente, de uma lembrança casada com vc! Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Sou fascinado por fotos antigas. Teve uma vez que entrei num carrefour que eu nunca tinha ido e nas suas paredes havia grandes retratos da cidade em 1900. Fiquei um tempão olhando aquilo. Depois, do lado externo de um shopping, algumas outras fotos da cidade em várias épocas. Mais um tempão babando na história!

    Vi uma foto de uma mansão, que foi indevidamente derrubada e ficava quase no coração da cidade. Hoje lá é um Itaú. Mas, até ver a foto, desconhecia que ali havia tão linda construção. Não sei por qual motivo foi demolida, mas sei que seria um lugar lindo se ainda existisse. Às vezes o progresso atrapalha. É.

    ResponderExcluir