13 de setembro de 2013

Por mais doçura

Queijo coalho e melaço
Adoro!
Tirei essa foto num restaurante que marido me levou para conhecer
Cadeiras, mesas e gostosuras embaixo de amendoeiras
Ao ar livre, sem nenhum outro ponto comercial por perto
Amei, fotografamos uma amendoeira
Comi super bem
Peguei uma folha para meu amigo Pedrinho que coleciona folhas
E vou escrever outro dia sobre esse dia
Hoje o assunto é por doçuras além do paladar
Por doçura nas palavras das receitas
Como assim?
Vou explicar
Ligo eu para minha mãe para saber como fazer arroz doce, que sou especialista em comer, mas nunca havia feito. Ai minha mãe me disse que eu colocasse a água para ferver, já com o arroz dentro, uma pitada de sal, uma lasca de canela e um pedaço da casca de um limão. Tudo ia bem até ela dizer uma coisa que entristeceu a receita. 
Sempre digo por aqui como gosto de palavras e também como desgosto de algumas. Pois bem! D. Conchita disse que quando o arroz já estivesse quase secando eu colocasse o leite de coco, o açúcar e desprezasse o limão. Oi? Hein! Que violência com o limão! O que uma palavra tão feia faz numa receita de um doce?, eu pensei. Seria muito mais educado e gentil com o colaborador limão, dizer que ele precisa ser retirado, ou algo mais cortês. Desprezo é muito forte, nas minhas receitas não entra.
O rabisco dessa história estava no forno e eu trouxe ela para cá pois uma amiga falou no blog dela na semana passada sobre a ordem as vezes sem sentido de adicionar os ingredientes em uma receita, fazendo uma analogia com a vida, que tem desde passos a passos a serem seguidos para se ter um bom resultado final, como espaço para intervenções para se ter resultados diferenciados.
No tema culinária, vejo por ai receitinhas por demais expliquentas, com descrições dantescas, tipo: são 3 ovos, ai na receita diz: coloque um, depois o outro, depois o terceiro = coloque os 3, ou todos os ovos, para que tanto suspense, parecendo que um dos ovos vai ter outro destino.
Não gosto também de finais do tipo: sirva, coma, ou imperativos como: sirva quente, corte em pequenos pedaços, um atentado muitas vezes ao raciocínio óbvio ou ao gosto de cada um. Divagações e piadinhas a parte, fico por aqui com o incentivo a arte e prazer de cozinhar e de comer, sem pressa e celular na mão, sem falar palavrões na mesa, nem fazer cara feia para o que não gosta ou nunca provou, com a dica de colocar sempre palavras bonitas como ingrediente em tudo e desejo de uma saborosa sexta-feira.

15 comentários:

  1. rsssss...Sempre criativa! E palavras bonitas enfeitam pratos , receitas e vida... Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Ri alto... vc é por demais espontânea mas citações, ri mesmo, aliás me divirto com seu jeito legal de mostrar seu jeito de ser.
    Eu amo cozinhar, amo mesmo! Sempre inventando, sempre fazendo "arte" na cozinha e me dando bem.
    Mas, é assim mesmo, somos eternas aprendizes.
    Vc é um barato!
    bjs e um excelente final de semana
    Ritinha

    Semana que vem volto para rir mais 9com certeza)

    ResponderExcluir
  3. Tina mulher, cm vc pode falar de comida e ser tão poética??
    Impressionada ctg!

    Bjooooos

    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não desprezei nenhuma palavrinha neste texto que deu até vontade de comer, de tão delicioso. Mas mais que arroz doce me deu vontade de comer queijo coalho com melaço e, ai, se tivesse debaixo de uma árvore... morreria de alegria!

    Ótimo fim de semana. Ah, vou atrás dos lencinhos hoje! :)

    ResponderExcluir
  5. Olá, Tina!!

    Adorei o texto! Mas sabe que é algo para se pensar? Quantas destas "palavras" com maus sentidos não usamos por força do Hábito? E não só em receitas culinárias...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!
      Para se pensar e corrigir :)
      Bjos!

      Excluir
  6. Ai ai, fiquei com vontade de comer kkkk.

    bjokas e um lindo fds =)

    ResponderExcluir
  7. Sabe qual a expressão culinária que me encanta? À gosto. Quanto coloco de sal, pimenta ou açúcar? À gosto. Mais cremoso ou mais seco? À gosto. Mais ou menos assado? À gosto.
    E assim como na vida vamos fazendo as nossas escolhas culinárias.

    ResponderExcluir
  8. Adorei ver sua foto dona Tina, conhecer mai do seu dia ;)
    Acho que vc amaria ter um instagram ;)

    Faz anos que não como arroz doce...

    Passei bem rapidinho para te desejar uma ótima sexta-feira 13 branca e te desejar um ótimo final de semana!!

    Adorei a sugestão Tina!!! Muito bem vinda... Vou anotar para não esquecer ;)

    Muitooo obrigada ;)

    Beijão

    ResponderExcluir
  9. Tina, adoro os detalhes dos seus textos. Você fala de coisas que eu sinto e penso também, mas nunca expressei!

    Espero que o arroz doce tenha ficado bom!

    bjs e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  10. Amei o texto! Fiquei com vontade de me sentar contigo e pedir queijo coalho com melaço e depois passamos na tua mãe para o arroz doce!
    Sobre receitas, no final do ano escolar um show musical chamado Receita de Felicidade. Prometo trazer algumas dicas sem imperativos de lá.
    Aproveito para deixar um beijo para Pedrinho e suas folhas!
    beijo

    ResponderExcluir
  11. Tina, os seus textos são sempre criativos e cheios de conteúdo.
    É sempre bom passar por aqui.
    Desejo-lhe boas receitas para o fim de semana. :)

    ResponderExcluir
  12. OiTina!Vim agradecer e retribuir tua gentil visita.Deu para sentir tua boa energia.Obrigada pelo carinho.ótimo este texto, ótimo blog.Adoro arroz doce, e queijo com coalho nunca comi.Retribuo o abraço e deixo um beijo.Bom fim de semana e fica com Deus

    ResponderExcluir
  13. A época em que mais como arroz doce é em junho. Embora muita festa junina tenha sido deixada de lado, ainda restam algumas que são excelentes. E eu faço questão de desbravar a culinária junina rs.
    Deu uma baita fome ver a foto e ler esse texto. Acho melhor eu ir tomar meu café... Desprezo, nunca.

    ResponderExcluir
  14. Oi TIna, desculpe deixei passar esse post!
    Pedrinho vai ficar super feliz, ele tem ficando mais com o pai que também está de férias.
    Os dois estão aproveitando para passear.
    Beijinhos
    Amara e Pedro

    ResponderExcluir