16 de fevereiro de 2017

Do com viver (e sem tb)

Sem esperar o coletivo, imaginei se cada um começar a categorizar discussões como quem coloca etiqueta em pastas ou potes de plástico, ia ser a nova revolução mundial.
Menos nunca foi tão mais, na moda, na quantidade de informação (quem diria), no dar e ouvir opiniões, no ser seletivo em demasia pra comer, sem freio pra beber. Enfim e sem fins dos excessos de cada dia que andam tirando as coisas dos eixos, da ordem.
E assim, como trabalho de formiguinha, largar de opinar e postar tanto nos apps de papos e redes "sociais",  para abafar e se sobrepor ao sisisi dessa cigarrada que tá o mundo, um tal de opinar sobre tudo, tomar partido, tomar as dores, não há consenso sobre se um vestido claramente azul e preto é azul e preto! Olha onde chegamos!
A falta de pertencimento a causas diversas, das bobas as com sentidos e sentimentos e de maleabilidade com tudo que destoam de uma mesma convicção, crença, ideologia, tem erguido muros entre as pessoas, tão surreais quanto aquele que criticamos enquanto assistimos ao jornal ou damos um Google.
A Internet parece ter  credenciado o jornalista, psicólogo, médico, filósofo, sociológico não formado com a devida capacidade em cada um. Tenho inveja e admiração dos seus Tonhos e Tianas das roças mundo afora que não sabem nem quem é Trump, que diacho é Safadão, Neymar e sei lá mais quem.
Lidar de maneira minimamente respeitosa com nossas e certezas e com as dos demais, seja as de um mendigo ou de um juiz é como se diz, na verdade se dizia, porque ditado popular não é mais popular: "O direito de um começa onde termina o do outro". E tenho dito!

18 comentários:

  1. Excelente,Tina! Pena que esse tal direito que citas, nunca é lembrado. As pessoas acham que podem falar de tuuudo , sem olhar pros seus rabos! Há de ter um retrocesso... bjs, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
  2. E fico a pensar: será que as etiquetas com as seguintes palavras - leveza, céu, passarinho, balanço teriam leitores e opinadores?
    Ainda ( e espero que assim continue ) salvam-se os blogs, pelo menos os que frequento, de não construírem muros em redes sociais.
    Tanta amargura, rancor, ódio sendo difundidos, espalhados, compartilhados, desfazendo amizades, confinando pessoas a uma só ilha de pensamento. Estamos ficando surdos, não sabemos ouvir o outro que difere da nossa opinião e além de não ouvir, saímos gritando em letras maiúsculas ou com palavras fétidas.
    Bom dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bloqueando...
      Maldizendo...
      Oxi!
      Eu hein!
      Etiquetas e fita crepe na boca desse povo;
      Câimbra nos dedos e pó de pirlimpimpim.

      Excluir
  3. Dão mais valor e atenção aos consumismos desenfreado, ao marketing, hoje vi a nova novelinha carinha de anjo já lançando livro, mas e o conteúdo? Tanta rede social, mas não educam para a paz, cada qual quer sua própria razão e olhar para seu umbigo sem respeitar o outro, o pensamento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo hj vira livro e a estatísticas de leitores aumenta sem substância.
      Além da grande fatia, grande meeesmo, que compra o livro, pra tirar um selfie, postar a foto e dar só uma passada nas paginas Falta ouvir mais e falar menos.
      Ouvir menos e pensar mais por si. Viver mais e compartilhar menos fotos.
      Só acho!
      Vai que estou errada!

      Excluir
  4. Boa tarde, querida Tina!
    Demorei a passar pois estou no ES e fiquei prisioneira da greve como todo povo daqui...
    Eu prefiro viver a conviver assim... ficticiamente vivendo nos mcs... sem discernimento algum,... meu Deus!
    post excelente!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se cuida por ai
      Obg
      Bjs fraternos de volta e volte sempre

      Excluir
  5. Tina linda, sdd...

    Nós vivemos um momento em que temos a liberdade de expressão, mas não respeitados aquilo que vai contrário ao que a gente pensa.
    Fazem mil discussões em torno de assuntos tolos que não vão mudar a vida de ninguém.
    Gosto é gosto, e sabendo disso temos que respeitar os outros.
    O mundo anda doente o ser humano perdendo a essência dia após dia.
    E afinal de contas o mundo não ia acabar hoje? rs....
    E ainda tem gente que acredita nisso e divulga só pra ver a população surtando rs...


    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bell
      Olha meu grau de dispensar de informações
      O mundo pra acabar hj e eu sem nem saber
      Kkkkkkkk
      Bjs, saúde, paz e amor amadinha

      Excluir
  6. Olá Tina,
    assinando embaixo sem mudar uma letra.
    bjs.
    mari

    ResponderExcluir
  7. É Tina,
    Cabe a nós fazer a nossa parte, repassar o respeito aos nossos mais próximos, ir plantando uma semente, quem sabe uma hora dá frutos. Beijos amiga leve, querida e poeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc q é leve, borboleta
      Mensageira do vento rsrs
      Bem isso que vc disse
      Beeeijos

      Excluir
  8. Já diziam que a ignorância é bênção, Tina. Às vezes acredito.

    ResponderExcluir
  9. Tina, vim aqui deixar meu beijo , do Kiko, do Neno e da Marina pelo teu niver! Felicidades! parabéns! bjs, chica

    ResponderExcluir
  10. Tina, vim aqui deixar meu beijo, do Donisete, do Bernardo, da Júlia e do Théo pelo teu niver! Felicidades! parabéns! bjs, ana

    ResponderExcluir